Oracao de Sapiencia

Proferiu o ministro da Educacao e Cultura de Mocambique, a sua "Oracao de Sapiencia" que, quanto a mim, nao passsou de um grande arrolamento de ideias e sentimentos sem confirmacao cientifica.
Bem, disse ele, para a ma disposicao de todos nos, que a Universidade Eduardo Monldane tinha que priorizar cursos que ajudassem a "produzir riqueza".
1. O que e isso de produzir riqueza?
2. Como e que as engenharia, por exemplo, "produzem riqueza"?
3. Por que e que o So Ministro poe em causa as ciencias sociais em Mocambique, acusando-as de "nao produzirem riqueza?"
4. Querera o o so ministro pretender que se encha de agronomos e outro tipo de engenheiros em mocambique, bem como economistas e juristas, por forma a criar riqueza?
5.Uma pequena historia, essa contada pelo sociologo e Jornalista Filimone Meigos:
"No auge do socialismo, um destacado Ministro de Agricultura e Pescas decide visitra o Distrito de Caia e la aconselha as pessoas a criarem coelhos como forma de garantir a seguranca alimentar bem como uma forma de ganhar algum com a respectiva venda. Outra forma de "criar riqueza".
O povo aceitou. Passados tres anos, o so ministro voltou para Caia, Sofala, deparando-se logo a entrada da vila com uma "praga de coelhos". Eram muitos!
Mas o povo continuava na mesma. Pouco tinha mudado.

Pasmado, o ministro pergunta aos populares: "Porque e que voces nao comem os coelhos que com tanto sacrificio criam? Porque e que voces nao mudam de vida com a venda dos coelhos, dado que sao tantos?
O Povo, em resposta disse: criamos coelhos por orientacoes do so ministro. Para nos, o coelho e um animal lendario. Nao se cira. Se o quisermos comer, cacam-lo no mato e nunca o criamos. Este e um animal esperto que nao deve ser morto captado a partir de uma jaula. Nao tem graca".

Moral: o so ministro viu nos coelhos apenas como uma fonte da proteina animal e nao do ponto de vista social. Ignorou um estudo sociologico previo.
As ciencias Sociais estao em Pergio em Mocambique. Este perigo vem de cima. Do proprio Ministerio. Que fazer?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

PENSAR NA PAZ SABENDO O QUE FAZER: ENTRE O VAZIO DAS PALAVRAS E O BELICISMO, A TERCEIRA VIA

Aprender de Angola? Que lições?

O tempo da comunicação