Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2007

Interrupção do Blogue

Caros amigos Bloguistas e comentadores, É com muita tristeza que vos dirijo, para dizer-vos uma coisa que não vão gostar. Vou deixar de bloggar a partir de 1 de Agosto de 2007 até 31 de Julho de 2008. Por razões profissionais. Vão me desculpar, mas não fui capaz de evitar que isso acontecesse. Provavelmente recorra a outros meios de expor as minhas ideias....não sei. Mas aí está. Estamos juntos. No dia 1 de Agosto de 2008 voltarei em peso. Até lá, serei mero observador e opinador sobre as ideias dos outros: um comentador assíduo dos vossos blogs e comentários. Quero agradecer a todos aqueles que diáriamente estiveram aqui, a comentar, dar-me forças e opinar. Esses sim, peço-lhes imensas desculpas, na esperança de que um dia voltem. Um abraço e...fui. Com muita tristeza. Encontramo-nos aqui. Para a ciência

Falacioso, Injusto e Criminoso!

Ou, Da necessidade de informar com clareza
O texto que se segue não é meu. É da autoria do Canal de Moçambique, um jornal via-fax e com a página na internet. O meu comentário vem depois:

Números do hospital psiquiátrico do Infulene são esclarecedores
Quantidade de “loucos” aumenta na governação de Armando Guebuza

Os dados de pacientes que procuraram a cura naquela unidade sanitária vocacionada à Saúde Mental durante os primeiros seis meses deste ano, quando comparados com os do mesmo período do ano transacto, indicam uma subida de mais de 500%.
Maputo (Canal de Moçambique) – Desde que Armando Guebuza ascendeu a chefe de Estado o número de dementes cresceu de forma exponencial no país de acordo com dados do relatório semestral do Hospital Psiquiátrico de Infulene (HPI), por sinal o único hospital especializado em Saúde Mental, em todo o país. Os números indicam que a procura de tratamento junto daquela unidade sanitária aumentou drasticamente nos últimos 12 meses.
O referido relatório, agora…

Livros III

Imagem
Chego a Roma no dia 28 de Novembro [de 1990] e, ao desembarcar no aeroporto de Fiumicino, cruzo-me com Dina Fortti, um nome de referência obrigatória na história das relações de cooperação Moçambique-Itália e do conhecimento e amizade entre os povos dos dois países. Imediatamente, e pela "mão" de Fortti, localizo a delegação governamental, hospedada pelo Governo italiano no Hotel Ambaciador, na célebre e luxuosa Via Veneto. Dou à delegação governamental moçambicana um breve relato jornalístico da Conferência de Paris e, imediatamente, o então Ministro dos Transportes e Comunicações, Armando Guebuza, comenta: "constou-me que foram citados nomes de dirigentes políticos da Frelimo que pretendem promover capitalismo selvagem em Moçambique: lembra-se de algum dos nomes referidos?" Respondi-lhe com um sorriso.
Tomás Vieira Mário (2004). Negociações de paz de Moçambique. Crónicas dos dias de Roma. Maputo: CEEI/ISRI, p.10
Para quem esteja interessado em aprofundar com detal…

Livros II

Imagem
Temos que reencantar as ciências sociais, infiltrando-as com o vírus da emoção e da solidariedade, com a militância, com a nossa disponibilidade e a nossa coragem de usarmos o conhecimento não para os poderosos, mas para os deserdados.
Ousemos ser utópicos.
Carlos Serra (2005). Ciências Cientistas e investigação. manifesto do reencantamento social. maputo: Imprensa Universitária, p.88.
Autor do Combates pela mentalidade sociológica, Carlos Serra é por uma ciência social re-humanizante e que esteja ao serviço dos "deserdados da terra"; de todos aqueles que sofrem num mundo cruel e excludente.
Serra é um dos poucos cientistas sociais e cidadãos residentes em Moçambique mais interventivos na nossa esfera pública.
Este é para mim, um autêntico catecismo. Recomendo a sua leitura e re-leitura.

Livros

Imagem
O desenvolvimento [de Moçambique] não está nas coisas grandes que escapam à compreensão do cidadão mais simples. Está nas coisas simples que dizem respeito a forma como lidamos uns com os outros no nosso quotidiano [...] A nossa pobreza absoluta está na miséria das nossas maneiras. Pessoalmente já cheguei à conclusão de que o desenvolvimento é um problema de boas maneiras. Quem desvia fundos duma instituição pública está a faltar respeito a milhares de pessoas[...].
Elísio Macamo (2006). Trepar o Pais pelos Ramos. Maputo: Ndjira, p. 142.
Fundamental livro, esse, para quem esteja interessado em aguçar a sua análise crítica em relação a aparentemente, pequenas manifestações sociais do nosso Moçambique.
Nele, combate-se por uma cidadania actuante e uma mentalidade sociológica racional.

Na Constituição da República de Moçambuique:Lapso ou Truque?

Está a tornar-se hábito no nosso seio, país, melhor dizendo: sempre que remendamos um furo, criamos outro, imediatamente. Sempre que tentamos resolver um problema, criamos imediatamente um outro, maior! Vem isso a propósito da nova Constituição da República, essa em vigor no nosso país.
No seu número 2, alíneas a, b, c e d do artigo 147 estabelece os critérios de elegibilidade para o cargo de Presidente da República. São eles, ser moçambicano, apenas moçambicano; ter idade mínima de 35 anos; estar em pleno gozo dos direitos políticos e ser proposto pelo mínimo de 10.000 cidadãos. Até aqui, tudo bem. O problema porém é que se esqueceram, os nossos deputados, de definir a idade máxima como critério de elegibilidade.
Na constituição anterior, estava claro que podiam ser candidatos e por essa via ascender ao cargo de Presidente da República, cidadãos com o mínimo de 35 e máximo de 65 anos. Ou seja, estava claro que até os 65 anos, todos cidadãos eram elegíveis ao cargo de PR, desde o moment…

Eleições Provinciais 2007: O Boicote vingou!

Imagem
O Presidente da República de Moçambique, Armando Guebuza, prometeu alterar a data das eleições, inicialmente marcadas para o dia 20 de Dezembro próximo. Neste espaço, temos vindo a insistir na necessidade de adiar a data das eleições, não só por constrangimentos económicos que tal acto poderá causar como também por causa da sua sua impreparabilidade. Mais tarde, aduzimos ao rol dos inconvenientes, a questão dos feriados muçulmanos, que, ao nosso ver, mais pesou sobre a reviravolta do PR.
Como se pode ver, as eleições ficarão para Janeiro do próximo ano. Esta data é da minha responsabilidade; é a minha previsão.
Digo isso porque o PR não vai querer ir muito para além da data inicial. E não deverá marcá-las para 21 ou 22; muito menos 29 de Dezembro. Terá que ser mesmo Janeiro, até lá para o dia 20.
E o mês de Janeiro calha bem, se tivermos em conta os motivos que levaram o Presidente da República marcar a data de 20 de Dezembro como a data constitucionalmente válida. Mas, como Ilídio Maci…

Sem comentários

Imagem

Não será a criminalidade violenta em Maputoefeito visível do mundial de 2010 na África do Sul?

A pedido do meu colega e amigo, investigador do MISA-Moçambique, Ericino de Salema, publico neste espaço a sua reflexão em torno do crime violento nas Cidades de Maputo e Matola
Sem mais delongas, eis o texto:
Depois de, há alguns meses, terem-se registado assaltos a dois bancoscomercial na cidade de Maputo, designadamente a uma dependência do Banco Comercial e de Investimentos (BCI) e a uma outra do Standard Bank, eis que um caso similar se regista algures na Machava, no Município da Matola, com o assalto à agência local do Banco Austral, isso há não mais de 20 dias. Tendo fé no que os media noticiosos informaram, citando, inclusive, fontes policiais, no assalto recente ao Banco Austral na Machava os criminosos ainda fizeram “espectáculo”: ordenaram os dois guardas que estavam no local a lhes passarem as armas de fogo que traziam, tendo depois os mandado desaparecer daquele local, ao que aceitaram, temendo, obviamente, que fossem na hora mortos. Nos últimos dias abundaram, em demasia, cr…

Eleições Provinciais 2007: O Boicote está no princípio

Os doadores não querem dar dinheiro; os muçulmanos não querem votar; o Conselho Constitucional já disse que não é recomendável ter eleições em tempo chuvoso. E ainda não sabemos o que pensam os camponeses e os pobres. É tudo reflexo de falta de diálogo.
SMS de um amigo, ontem, 11.07.07, 20.16 horas

O canal da Televisão privada Stv noticiou ontem que O Conselho Islâmico de Moçambique-CISLAMO mostrou-se preocupado com a data da realização das eleições provinciais marcadas para o dia 20 de Dezembro de 2007 pelo facto desta coincidir com a celebração do Ide Al-Adhá, cerimónia que marca o fim da peregrinação á Macca (ou Meca, como os moçambicanos gostam de chamar). É que de acordo com Sheik Abdul Karim Nordine Sau, Vice Presidente da CISLAMO, o Ide Al-Adhá é a segunda maior festa do Islão e que nenhum muçulmano gostaria de perder. Ela começa com as primeiras orações logo pela manhã, seguindo-se de sacrifício de animais (para os podem, que por sua vez dividem com os que não têm), seguindo-se …

Criar Intsituto Superior para investigar como produzir MILHO em tempo seco!

Estou a ficar cada vez mais desesperado em relação ao futuro dos filhos que ainda não os tenho. Estou a ficar cada vez mais triste com o futuro do meu país. As ideias que ultimamente tenho ouvido, dos mais velhos e quiçá, mais estudados, tem estado a criar em mim algumas dúvidas. Questiono-me, amiúde, se elas vêem das suas cabeças ou a sua figura tem sido usada como testa-de-ferro. Recentemente a UEM assinou um memorando de entendimento com a Universidade Agrária de Sichuan, China através da qual, a última irá ajudar a primeira na instalação de um Instituto Superior do Desenvolvimento Rural em Vilanculos, Inhambane. Esse Instituto, segundo o memorando, estará virado ao estudo de técnicas de agricultura, aperfeiçoamento de gestão de recursos naturais, entre outras. Padre Filipe Couto, Reitor da UEMbem como Wen Xintiam Reitor da Universidade Agrária de Sichuan, disseram em conferência de imprensa que uma das prioridades desta Instituição de Ensino Superior seria formar quadros que garantam…

Entre a espada e a seringa, Ou, da possibilidade de se fazer omoletes sem ovos

O Boletim do Processo Político Moçambicano veio mais uma vez por em causa a possibilidade de as eleições provinciais poderem se realizar este ano, tal como determinou o Presidente da República. Neste espaço, sempre defendi, mesmo antes da promulgação da nova lei eleitoral, a impertinência destas eleições, principalmente devido aos constrangimentos financeiros que elas poderão causar bem como a proximidade da época das chuvas e a impreparabilidade de todos órgãos responsáveis pela condução deste processo.
Para quem não sabe,o custo total destas eleições, incluindo o recenseamento eleitoral é de 44 milhões de dólares. O Governo apenas tem 12 milhões. E provavelmente estejam a ser gastos, com as viagens, dos membros da CNE, cerimónias de empossamento e champanhes que lhes acompanham. Assim, o Governo precisa de encontrar os restantes 32 milhões de dólares americanos. Só que aí é que está o problema: onde encontrá-los? Um dos maiores financiadores do processo político moçambicano é a União…

Polícia da República de Moçambique

Há dias, um grupo de indivíduos "assaltou" a Esquadra Policial da Machava, Cidade da Matola para de lá retirarem um carro que tinha sido apreendido no dia anterior. Foi na passada quarta-feira. Hoje, acabo de receber, doutras fontes e não policiais, uma informação alternativa.
Diz-se que na verdade, o carro apreendido e posteriormente "recuperado" pelos bandidos não era roubado. Aliás, as informações policiais não dizem as causas da apreensão.
Diz essa fonte, que o carro pertencia a um grupo de Mukheristas, ou, comerciantes informais, que vinham das compras, na África do Sul. São, portanto, os bens desses "mulkheristas" que foram apreendidos pela Polícia da República de Moçambique. Com eles estivessem num carro, "também mandaram parquea-lo. Interessa aqui, questionar o porquê de ter sido a Polícia da República de Moçambique apreender e parquear bens que fugiram ao fisco, e não entrega-lo às autoridades competentes, portanto as ALFÂNDEGAS DE MOÇAMBIQUE.

Queremos uma PRM que proteja!

Imagem
Essas imagens são de Aquinaldo Mandlate, Advogado Estagiário da MGA Advogados e Consultores, barbaramente espancado e baleado pela nossa Polícia da República de Moçambique na manhã de ontem, Segunda Feira, dia 02.07.07
A História é essa: Na manhã de segunda-feira, Aquinaldo Mandlate, Advogado estagiário da MGA, quando acompanhava funcionários de um cliente (Instituição Bancária) à esquadra da Machava para serem ouvidos em auto de declarações foi barbaramente espancado pelos policias e alvejado com um tiro de raspão à cabeça. O Advogado Estagiário encontra-se na clínica especial de Maputo, livre de perigo, porém em estado de choque, sendo o seu estado de saúde grave. Já não basta que a PRM desproteja os cidadão. É fundamental, acima de tudo, espancá-la, humilhá-la e, se possível, matá-la como foi desta vez, com o cidadão Aquinaldo Mandlate, que recebera um tiro na cabeça. Há um mês, mais um cidadão foi baleado por ter sido encontrado a urinar na via pública. Ha três meses um cidadão, funci…

Ideias de Moçambique foi premiado com o selo "Blog Activista"

Imagem
A Tasca do Teixeira acaba de me premiar com o selo"Blog Activista." Muito obrigado Teixeira. Para fazer parte do Blog Activista o autor deverá promover e defender:
A paz, A liberdade, O meio ambiente, Igualdade de género, Os direitos humanos, Os movimentos sociais.
Cada nomeado deverá nomear os blogs que tenham essas características, via e-mail ou nos comentários, não sendo necessário postar as nomeações. Cada blog nomeado deverá citar abaixo do banner, o nome do blog que o nomeou. Brevemente irei nomear os meus. Um abraço.