Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2007

Moçambique está iluminado? Uma pergunta a MC Roger

Imagem
Escute aqui a música
Mc Roger, cantor moçambicano, diz numa das suas faixas musicais, que Moçambique está iluminado. Do Rovuma ao Maputo. Diz também no seu refrão que Moçambique, meu país, está abençoado. Sem querer criticar a letra acho as afirmações de Rogério Diniz (Mc Roger) falas sem consequências, como bem tem dito o Sociolólogo Elísio Macamo. Sei que a música foi uma encomenda da Electricidade de Moçambique. Mas hoje, o seu patrão veio contrariá-lo. O PCA da EDM, Manuel Cuambe, diz que apenas 8% da população moçambicana é que tem acesso à energia electrica.
Moçambique está iluminado? Ah sim, está, caro Mc Roger. De dia, com a luz do sol e durante noites de luar.
"Moçambique está iluminado...do Rovuma ao Maputo. Moçambique stá abençoado..do Rovuma ao Maputo...zaka-zá.

Contrabando de Factos Históricos (Actualizado)

Mais um aniversário de Independência nacional passou. Foi no dia 25 de Junho, que se comemorou os 32 anos da nossa Independência Nacional. Foi no dia 25 de Junho de 1975 que o Estado português entregou o país aos moçambicanos, depois de aproximadamente 100 anos de colonização, se tomarmos como referência 1898, ano em que Mouzinho de Albuquerque deu por terminado as campanhas de pacificação, com a derrocada do Império de Gaza (1895-6) e os xeicados do norte de Moçambique, marcando assim o início de uma administração efectiva do estado Português sobre o território de Moçambique, como mandavam os ditames de Berlim.
Coincide porém que, no mesmo dia, mas há 45 anos, em Dar-es-Salaam, formava-se um movimento de Libertação de Moçambique, que mais tarde viria ser conhecido por FRELIMO, portanto, Frente de Libertação de Moçambique, fruto de uma união de três movimentos, nomeadamente MANU, UNAMI e UDENAMO bem como adesão de outros indivíduos, mais tarde tidos como heróis nacionais, como Eduardo …

Quero mais!

Imagem
Sou cliente da Mcel e não estou satisfeito com a qualidade de serviços que me presta.

É proibido por algemas ás palavras (Carlos Cardoso)

Imagem
Alguem está a pagar caro por questionar e, por essa via, investigar a autenticidade do certificado de Licenciatura de José Sócrates, Primeiro Ministro Português. Trata-se de António Balbino Correia, autor DO Portugal Profundo.
Com ele, o ideias de moçambique, está solidário. Leia a estória aqui, ou aqui. Qurem levá-lo à barra do tribunal.

Ver Moçambique entre os "portantos" de Aiuba Cuereneia

Mais um debate "Com a Imprensa" foi para o ar ontem na Televisão de Moçambique. Os jornalistas Tomás Vieira Mário, Fernando Gonçalves e Rogério Sitoi estiveram lá para ouvirem o Ministro de Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia. O homem vinha da China, onde acabava de trazer para Moçambique, a presidência rotativa do Banco Africano de Desenvolvimento, BAD.
Quero hoje reflectir um pouco sobre as oportunidades que os nossos líderes fazem questão de desperdiçar, para, em momentos como esses, darem a conhecer aquilo que de facto pensam sobre o país. Dito doutra forma, o que vi e ouvi do Dr Aiuba Cuereneia ontem a noite, dá-me uma forte dose de razão para afirmar que ele não está à altura de responder os desafios que a função lhe incumbe. Ou, sou obrigado a concluir que o Governo é que não tem planos concretos. Explico-me.
Da Estratégia de Desenvolvimento do País
Numa das passagens da entrevista, Tomás Vieira Mário quis saber do Ministro, qual era a estratégia de desenvol…

Dito e feito: O Relatório saiu como previa!

Escrevi aqui e aqui, dois posts prevendo o conteúdo do relatório que a comissão de inquérito encarregue para investigar as causas e consequências do incêndio que devastou o Ministério da Agricultura no passado dia 25 de Maio. Disse que nada de novo viria. Disse igualmente que a comissão não iria responsabilizar ninguém pelo incêndio nem excluiria a possibilidade de se tratar de queima de arquivos ou pura sabotagem. Disse, acima de tudo que recomendaria a constituição de mais um estudo com especialistas. Na verdade, esse último palpite nem aconteceu como previa. Aconteceu de uma forma bem artística: a comissão pediu mais tempo bem como mais pertios. E trouxe uma recomendação cómica; que já devia ter acontecido desde 1975: constituição de comissões de segurança e higiene em todas as instituições do estado para garantir a segurança dos funcionários e do imóvel.
E, digam-me, qual foi a causa do incêndio? CURTO CIRCUÍTO. A comissão chama-no de provável causa para, de seguida, descrever com …

Procura-se, bem vivos!

Desde 2004 que não ouço falar dos seguintes Partidos Políticos: então, peço a quem souber, seja a sede seja o paradeiro dos respectivos líderes dos partidos políticos que vão abaixo mencionados. Se morreram politicamente, então, que saia no Boletim da República:

FUMO-PMCD - Domingos Arouca
Partido Sol - Casimiro Nhamithambo (falecido). Mas quem o substituiu?
PRD-Partido Renovador Democrático - Manecas Daniel (sei que está no parlamento, mas desconheço a sede)
PANAMO, Partido Nacional de Moçambique- M. Pangane
Partido Nacional Democrático- José Massinga
PPPM, Partido do Progresso do Povo de Moçambique-Padimbne Kamti Mahose Andrea
Partido Liberal e Democrático-PALMO - António palange
Partido Progresso e Liberal de Moçambique-PLM - neves Serrano
Partido PAZS
Partido os Verdes
PACODE-Vasco Campira Momboya
E mais outros.

Joao Leopoldo da Costa-Novo Presidente da CNE

O Reitor do ISCTEM é o novo Presidente da CNE. Este cargo balança entre reitores e "servos de Deus".
Brazão Mazula-ex Padre, depois, Reitor da UEM
Jamisse Taimo-Reverendo e antigo Reitor do ISRI
Aarao Litsuri-Reverendo
Leopoldo da Costa-Reitor do ISCTEM
Agora só falta esperar para ver as piores eleições do Mundo a acontecer nos próximos tares anos.
PS:Afonso Dhlakama esta internado numa das clínicas da Baixa da Cidade de Maputo. Ontem, por volta das 20.30 teve um acidente de viação; um embate entre sua viatura, na altura, uma Isusu de cabine dupla com uma outra cuja marca ainda não consegui apurar. O acidente ocorreu na Avenida Eduardo Mondlane. Não sei o que estava a fazer, donde vinha e nem com quem estava, para além, claro, do motorista. Apenas sei que o motorista de Afonso Dhlakama foi quem saiu mais ferido. Mas não é noticia. Não sei também a sorte que coube com o ocupante da outra viatura. Apenas sei que o estado de AD é bom e vai para casa ainda hoje.

A arte de criar fracas instituições

Caiu o pano sobre a novela que andou em torno da constituição da Comissão Nacional de Eleições, CNE. Os Cinco membros eleitos pela Assembleia da República de Moçambique decidiram eleger através do voto, os restantes oito membros que iriam preencher o corpus deste órgão eleitoral. Das 62 candidaturas foram apurados os seguintes senhores:
Paulo Cuinica-da G20
Rabia Valgy-da Associação de luta Contra a Pobreza
Juvenal Bucuane-Escritor, proposto pela OTM
Alípio Siquice-Membro da ONP (organização nacional de professores) e Chefe do Departamento da Antropologia da UP
João Leopoldo da Costa-ISCTEM
Dentre outros 3 desconhecidos
Sinceramente, essas pessoas foram escolhidas dentre figuras como Tomás Vieira Mário, Salomão Moyana, Alice Mabota, Aly Jamal e outras pessoas que Moçambique bem conhece seu trabalho, dedicação, lucidez, independência e equilíbrio. Mas, como disse António Chipanga, coordenador da CNE responsável pela escolha dos oito, foi um trabalho difícil. Na verdade, foi difícil deixar pes…

Dia de Portugal é Proximo Domingo

Imagem
Porque o próximo Domingo será Dia de Portugal(e mais de alguma coisa, acho de Camões e das Comunidades [portuguesas]-que os portugueses me corrijam), quero hoje endereçar a todos amigos Portugueses Boas festas.
A razão porque faço hoje é a seguinte: amanhã e no dia, estarei em viagem, de carro, rumo as matas de Matutuíne, sul de Maputo. Irei passar lá, o Dia de Portugal. Sozinho e a ouvir o canto dos pássaros.
Viva Portugal! Viva a língua portuguesa. Boas festas.

Paul Fauvet: o jornalista

O jornalista da AIM e editor dos serviços de inglês da mesma agência reagiu desta maneira a transformação da Praça de Munhava em Praça André Matsangaíssa:
"The Municipal Assembly in the central Mozambican city of Beira on Wednesday voted to name a square in the Beira suburb of Munhava after Andre Matsangaissa, the man whom the illegal regime of Ian Smith, in what was then Rhodesia, appointed as first commander of the force that would eventually become known as Renamo."
Siga a notícia e inglês.
A isso se chama conservadorismo puro. Fauvet, é meticuloso e detalhado quando se refere a Renamo. Nas notícias da sua autoria ou não (pois, às vezes apenas faz a sua tradução para o inglês), há palavras que não devem faltar. " The former rebel movement, Renamo, ou seja, o antigo movimento rebelde, Renamo. O mesmo faz quando se refere a Afonso Dhlakama: the leader of Renamo, the former rebel movement, Afonso Dhlakama. Para Fauvet, a Renamo é aquela, dos anos 70/90; nunca mudou.
Só que …

Vilas do Milênio ou Soluções-aspirina?

Anda um programafinanciado pelas Nações Unidas chamado Vilas do Milénio, cujo mentor e ideólogo é o economista JeffreySachs, Director do EarthInstitute.
Sachs, por tanto se indignar com a probreza mundial, pensou e bem, que o problema principal desta residia na falta do dinheiro e maior investimento em áreas sociais por forma a tirar as pessoas das armadilhas da pobreza, povertytraps, em Inglês.
Por isso, num gigantesco projecto, aplaudido pelas Nações Unidas, criaram-se algumas vilas, onde, com o dinheiro das NU e outras organizações, se irá verter tanto dinheiro na construção de infraestruturas básicas como centros de saúde, escolas para todos, estradas e tudo o que um paraíso pode oferecer. O objectivo é repor a dignidade humana à vida das pessoas por forma a que sozinhas, possam trabalhar e reerguerem-se.
A premira vila a ser estabelecida em África é a vila de Sauri, Kenya. Cá entre nós, apenas um talhão foi delimitado, em Gaza, com pompa e circunstância.
Mas o medo porem é: e se o p…

Política à Moçambicana

- André Matsangaíssa imortalizado na BeiraA Cidade da Beira, através da sua Assembléia Municipal acaba de imortalizar o fundador da Renamo, André Matadi Matsangaíssa, morto em combate na Serra de Gorongoza, a 17 de Outubro de 1979. É que a principal praça de Munhava, um Bairro populoso da periferia da Cidade e bastião da Renamo, acaba de ter o seu nome. Já não se chama Praça da Munhava como antes, mas sim Praça André Matsangaíssa.De acordo com o Jornal Zambeze, mais praças poderão ostentar outros nomes considerados pela actual historiografia política, por reaccionários. Fala-se por exemplo de Urias Simango e sua esposa, Celina Simango e Carlos Cardoso, nomes que também poderão ser atribuídos a várias praças naquela Cidade. É a história da oposição. A Frelimo ajoelhou-se aí. Sem formas de contra-atacar. É a ditadura da maioria parlamentar.- Que Coisa ruim essa, oh, Manuel Tomé!O chefe da Bancada da Frelimo na Assembléia da República Manuel Tomé esteve muito mal ontem na Televisão de Mo…

Relatório de Má Qualidade

O Conselho de Ministros ontem reunido em sua 13ª sessão ordinária, decidiu dar mais alguns dias para que a Comissão de Inquérito sobre o incêndio do Ministério da Agricultura trouxesse resultados definitivos sobre as causas e consequências do mesmo. Justifica tal medida argumentando que os factos que trazem estão baseados em informações disponíveis, sendo necessário, portanto, pesquisar outras.
Por outras palavras, pode se dizer que a primeira versão do famigerado relatório não satisfez o conselho de Ministros, pela pobreza das informações que traz. Tudo vai de encontro ao meu vaticínio, feito ontem aqui.
Não faz sentido que findo o prazo, se divulgue aos quatro ventos que a Comissão elaborou um relatório cujas conclusões não são divulgadas mas que, pelo contrário, se dê mais alguns dias (não especificados) à mesma para trazer conclusões definitivas. Quais são então as preliminares? Quantos dias serão necessários?
PS: o site do MINAG não reporta o incêndio. Não existe nenhuma noticia dan…

Blogodependência na óptica de Herman José

Inspirado naMarginal Zambi, fui buscar esse vídeo de Herman José sobre Blogodependência
- Ligue o som

Para ampliar o cânone da participação

Ideias soltas acerca da Presidência aberta

O Presidente da República de Moçambique está quase no fim da sua presidência aberta. As pessoas que prepararam as suas viagens pelos distritos do país, preferem chamar à esse simples mas altamente caro (6 helicópteros por 2 mil dólares por hora durante tantas horas ao longo de 60 dias, + uma brigada que varia em número e despesas não coisa pouca para os pobres) exercício por Presidência aberta. Eu, preferia chamá-las por roteiros ou, neste caso, Roteiro pelo país. De uma ou de outra forma, nada impediria ao Presidente da República viajar e visitar lugares que deseja.
Não quero aqui discutir conceitos, muito menos legitimidade. Apenas fiz uma constatação e mostrei algumas reservas quanto ao bom uso do termo: presidência aberta. Mas, pelo princípio de caridade, arrisco a compreender (o que não significa necessariamente concordar) a razão: partindo-se do princípio de que o Presidente da República é uma pessoa que anda à alta velocidade pelas ruas …

O Relatório sobre o Incêndio que não aconteceu

Imagem
Amanhã é o dia que a Comissão formada para apresentar as conclusões (vejam só, conclusões) sobre o incêndio que deflagrou no dia 25 de Maio passado e que consumiu grande parte dos lugares nevrálgicos do Ministério da Agricultura. Amanhã, é o dia em que quadros seniores do Governo, nomeados pelo Conselho de Ministros terão que dizer alguma coisa sobre as causas dos incêndios e as respectivas consequências. Este foi o mandato dessa Comissão.
Hoje, terça-feira, poucos estavam cientes disso. Portanto, não é notícias em nenhum canto do jornal ou rádio. Necessariamente porque temos que aguardar. Não expectativa nenhuma.
Eu não tenho essa paciência. Quero aqui partilhar algum vaticínio em relação ao conteúdo deste relatório bem como adiantar alguma crítica.
Apreciação geral do Relatório sobre o incêndio do Ministério da Agricultura: Mau. Por razões que de passo irei avançar.
O relatório não irá para além da simples e frívola descrição daquilo que todos vimos e ouvimos pela Rádio e Televisão e Jo…

Nomeações para Blog com Tomates

Cumprindo com as regras de nomeações, venho hoje propor cinco blogs para a distinção: Blog com tomates.
São eles
Ideias Críticas
O Quotidiano de Moçambique
Curto e Grosso
Chapa 100
Espírito do deixa falar
Pronto. Fica assim completo o processo da minha própria nomeação.
Muito obrigado a Laurentina, Diário de um Sociólogo, Blog do Tuga e a Tasca do Teixeira.

Oposição Construtiva

Não bastou Ya Qub Sibindy para nos brindar com a sua forma construtiva de fazer oposição em Moçambique. Desta vez, coube a João Chambe, Presidente do Partido de União para a Reconciliação-PUR, vir a terreiro e criticar Afonso Dhlakama, por este insistir que as eleições provinciais tenham lugar ainda este ano.
Para Chambe, o objectivo de Dhlakama ao assim proceder, é o de desgastar a imagem da Frelimo e acusa-o de ser desonesto, políticamente.
Chambe é de opinião de que para além de adiar as eleições provinciais previstas para este ano e, o mais tardar próximo janeiro, as mesmas tivessem lugar juntamente com as autárquicas.
Interessante em tudo isso é a forma como Chambe faz a sua oposição. Confire aqui, algumas das suas ideias retiradas no jornal notícias. Como teria dito no post anterior, ainda estamos a caminho.