30 anos de Independência!

Convidaram-me para falar sobre os trinta anos da independência nacional. Por isso, esta tarde estarei na Rádio Moçambique, num debate organizado à propósito.

Decidi então, partilhar com os cibernautas aquilo que acho que foram os 30 anos da independência. Primeiro a própria Independência que custou vidas para conquistá-la.

Segundo a guerra que nos foi movida, e terceiro, a pobreza que constitui o grande desafio para a governação planetária.

Um outro marco importante, parece-me ser O SURGIMENTO DA HIPOCRISIA COMO PRÁTICA POLÍTICA bem como MIMITISMO. Este, é o mal que, acima de tudo está por combater.

Quando o Presidente Guebuza lançou uma nova “marca”, todos, “piratearam-na” e vulgarizaram-na. Hoje, vivemos uma incerteza sobre, se o que o Camarada Presidente diz é original ou também, produto pirateado.

Quando ele lançou a luta contra o Deixa-Andar, todos, mas todos, também se “lançaram” nessa luta!

Quando ele falou da luta contra a pobreza absoluta, todos seus seguidores também o fizeram.

Assim, fica-se com uma ideia vaga sobre o que aquele líder quer dizer, dado que os seus seguidores, em mandatos anteriores “ladravam” a mesma coisa. E hoje, como nos provarão aqueles senhores que o que dizem é verdade?

A independência que custou vidas, deve ser honrada com acções práticas. Nada de mimetismos!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Gwaza Muthini, na forma como a conhecemos hoje é um BLUFF HISTÓRICO.

PENSAR NA PAZ SABENDO O QUE FAZER: ENTRE O VAZIO DAS PALAVRAS E O BELICISMO, A TERCEIRA VIA

Aprender de Angola? Que lições?