Quinta-Feira. Rescaldo matinal

Quinta Feira. Acordo e ouço que a chama está em Tete. Minha terra natal. Dois dias de antes do previsto. Sinal de que os organizadores estão a trabalhar bem.
Sinais de alarme falso e alaridos não faltam. Outros dizem que não devia ser assim. Prezemos aos que do bem fazem.

Mais uma boa notícia: os bolseiros, finalmente vão ter justiça. Todos os que ingressaram em 2000 ou antes, terão a oportunidade de renovar a bolsa. Bom sinal.Finalmente a UEM reviu a sua posição.
Mais há um sinal de alarme: na base de que regulamento: o anterior ou o actualmente aprovado?

Mais: para quando a implementação de uma nova tabela de propinas? Não nos levem de surpresa. Já disseram que vão agravar, mas para quando?

Política: A Renamo está "morta"; ou melhor, moribunda; não diz nada. Está a espera da próxima sessão parlamentar (ou sessão para lamentar). A Frelimo, essa, vai ao lado de Guebuza, governando. O PDD está em banho-maria. O Pimo, a "ladrar" em apenas uma coluna de jornal Zambeze.

Estão a epsera das próximas eleições autárquicas para começarem a ter ideias. Enfim, são os nossos PARTIDOS JAMES BOND.

Sociedade: O salário mínimo ainda não foi estabelecido. Os preços já começam a disparar. O petróleo também. A renda de casas não fica atrás. Os trabalhadores procuram outras alternativas, subempregando-se. E isto não tem idade nem categoria. Imagine-se um Procurador a dar aulas! Já foram proibidos, mas será que não dão dicas?
DESENRASCAR é a palavra do dia. E Eu? A escrever para este povo ler.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

PENSAR NA PAZ SABENDO O QUE FAZER: ENTRE O VAZIO DAS PALAVRAS E O BELICISMO, A TERCEIRA VIA

Aprender de Angola? Que lições?

O tempo da comunicação