(83+1)+7=91

O Partido que sustenta Robert Mugabe no poder, a Zanu PF anuncioou há dias, que Robert Mugabe, actual Presidente da República do Zimbabwe e respecivo líder do partido, será o seu próximo candidato presidencial nas próximas eleições, a terem lugar em 2008, se tudo correr bem.
Ao que tudo indica, os partidários de Mugabe, nomeadamente os seus correligeonários, simpatizantes e amantes acham que ele ainda goza de uma popularidade invejável no meio rural e urbano capaz de por de joelhos o seu rival, o Movimento para a Mudança Democrática do Zimbabwe, MDC.
As contas acima feitas, deixam-me muito preocupado. Robert Mugabe, como a maioria dos ditadores do Mundo, nunca se convence do seu cançaço. Se governar um país também possa ser entendido como um serviço abnegado e orientado à solução dos demais problemas e por essa via, o destino de um povo, então, esse serviço deve, a todo custo, ser cansativo. E por isso, merecedor de reforma ou descanso. Pior, se esse serviço (o de governar) também seja susceptível ao escurtínio público, é de admirar, porque certas pessoas amam-se tanto ao ponto de por em causa as liberdades dos outros.
Ou seja, admira-me ver um Robert Mugabe "salvador" apegar-se tanto ao poder ante a toda contestação popular. E não precisa que todo o Zimbabwe se levante contra ele. Bastou a manifestação das senhoras do MDC que despiram em sua frente, para perceber o nível de frustração daquele povo. Mais de 460 cidadãos zimbabweanos atravessaram a fronteira de Manica, até ao último fim de semana para o nosso país. Milhares de Zimbabweanos atravessam, diáriamente a fronteira para a África do Sul.
A Cimeira de Dar-es-Salaam não produziu nada. A única informação que de lá transpirou foi a de que Thabo Mbeki, Presidente da República da África do Sul iria mediar o conflicto zimbabweano. E mais nada. A declaração de lá saída culpava a Grã-Bretanha por não ter honrado os termos de Lencaster House.
E caricatamente, o nosso presidente subscreveu à essa declaração, legitimando as atrocidades praticadas pelo camarada Mugabe. A propósito, foi e tem sido assim que os moçambicanos resolvem os seus problemas políticos? A guerra dos 16 anos não terminou à mesa das negociações? A barragem de Cahora Bassa não terminou com as negociações? Foi preciso nacionalizá-la, como fez o Gamal Abdel Nasser aos Canal de Suez? Porque é que o nosso presidente não transmitiu a boa experiência moçambicana em negociações e resolução de conflictos? Má fé? Deixa-andar?
Robert Mugabe tem agora 83 anos (ou 83 anitos, como querem deixar entender). No próximo ano fará 84. Os mandatos no Zimbabwe têem a duração de 7 anos. Se Mugabe ganhar as próximas eleições, por via da fraude (como é de esperar), sairá da presidência com 91 anos, se a morte não lhe apanhar pelo caminho. Uma pergunta simples: não valeria a pena Mugabe negociar as condições para a sua reforma logo agora? Como bom zimbabweano, que exemplo está ele a dar às gerações vindouras?

Comentários

Laurentina disse…
Olá egidio ,
Antes de mais muito obrigada pela gentileza da tua visita.
Adorei.

Agora em relação á tua questão lá colocada xi ...nem te digo nada, o que tu achas é a visão que ele quer fazer passar para o exterior, porque
claro que existe perigo ...Portugal neste momento é um paraíso de corruptos , vigaristas e salafrários ...a começar por ele que diz que é engenheiro ...mas afinal não é!!!!
A universidade onde ele diz que tirou o curso está com graves problemas de lavagem de dinheiro ...tráfico de diamantes e não só...tráfico de influências etc, etc...É uma universidade onde os acessores do governo e não só de grandes empresas tb ,tiram os pseudo cursos...
Dá para entender e acreditar?!
Pois é ... !!


Agora em relação ao teu post de hoje , bemmmmm esse MUGABE é outro corrupto e bandido um dia destes ouvi aqui na radio Africa da antena 3 ,uma entrevista aos candidatos das outras listas e coitados não morreram por acaso ,foram agredidos , presos e torturados a seu mando pelas autoridades do país !!!!E ninguém faz nada a estes loucos...
Tudo isto a mim me revolve os figados .


Beijão grande para ti
Egidio Vaz disse…
Obrigado pela explicação.
Os amigos de Mugabe são os nossos libertadores. E se alguém quiser manifestar-se contra ele em Moçambique, iremos todos presos. No sábado passado, um grupo de indivíduos foram presos, acusados de manifestarem-se ilegalmente (como se fosse problema). Estavam a pedir a demissão do actual Ministro de Defesa, cunhado do Presidente da República, por causa da explosão do paiol. Um outro jornalista foi preso, quando quis saber junto dos polícias, as causas da prisão. Foi solto ontem.
Imagina se for para pedir a demissão de Mugabe!
Laurentina disse…
Conseguiu enganar o pessoal porque lhe passaram o diploma falso ,ele tratou do assunto com papel timbrado do ministerio do ambiente ...

vai a este endereço para perceberes bem o assunto e participares se quiseres na discussão
http://pt.wikipedia.org/wiki/Discuss%C3%A3o:Jos%C3%A9_S%C3%B3crates

beijão gande
Egidio Vaz disse…
Vou escrever algo sobre isso. E será para o jornal! Muito obrigado.
Egidio Vaz disse…
O debate ainda está em curso. Hei d eesperar mais um pouco, até que surjam dados mais harmonizados, aliás eu hei de me dar à este trabalho.
Laurentina disse…
Eu tenho a copia de uma carta que um jornalista escreveu e que me enviaram por emai onde ele pede publicamente , mas com todas as letras a demissaõ do vossa ministro da defesa, xi ...chama-lhe de tudo ...mas com alguma diplomacia .O amigo que me enviou isso diz que não sabe como raio é que o jornalista não tinha sido preso ainda ...que estava cheio de sorte ...mas pelos vistos ja foi!!!
Lol

beijão
Egidio Vaz disse…
Então é esse mesmo. Celso Manguana (carta aberta ao Ministro da In(defesa). Não é esse o título? Um abraço.
Laurentina disse…
A descoberta deste assunto ja decorre ha dois anos ...vai aqui
http://doportugalprofundo.blogspot.com/
O dono deste blog é jornalista de investigação ...
beijão
Egidio Vaz disse…
Estou a ver...a ler e a gostar como a informação corre. Irei dar aos meus leitores esta referência. Mais uma vez, eternamente grato pela gentileza.
Laurentina disse…
Ora aí está é esse mesmo ...BINGO , como vês eu ando em cima dos assuntos da minha terra.

Vais ter que me desculpar mas eu amo de paixão a minha terra Moçambique e se não tivesse vindo de castigo daí com 19 anos tinha continuado aí ...penso que ja tinha ido presa por causa da minha maneira de ser, mas olha seria o que Deus quisesse.


Beijão
Laurentina disse…
Também tenho a declaração de paz que o Joaquim Chiçano leu na Universidade Eduardo Mondelane um dia destes atrazado...

beijão
Egidio Vaz disse…
De facto, estaria a "trabalhar" as terras adustas de Bilibiza, Cabo Delgado, local onde muitos foram se reeducar. Eu nasci com sorte. Maias tarde e quando tive idade de ser preso...já estávamos em democracia. Viva democracia! Mas tb tem limites. Devemos falar e calar. Aqui em Moçambique é assim. Não falar tudo, senão vai morrer.Precisa-se. Medo
Egidio Vaz disse…
Posso tê-la, por favor? Preciso dele. Tenho uma biblioteca virtual que precisa de ser recheada: http://egidiovaz.4shared.com
Laurentina disse…
Podes claro que sim ...e mando-te para esse endereço?!ou qeres que te envie para algum mail?!
Egidio Vaz disse…
egidiovaz@gmail.com
Mande-me para este endereço, por favor.
Estou antecipadamente agradecido.
Laurentina disse…
Egídio, acabei de te enviar a carta por mail...
Dispõe sempre!
beijão grande
Observador disse…
Aquele bigodinho à Hitler fica-lhe mesmo bem.
Pode ser que um dia destes caia da cadeira abaixo, como o Salazar. Deus queira!
Egidio Vaz disse…
Mugabe ja esta a milhas do seu perfeito juizo.
Pior do que isso e o silencio cumplice dos seus camaradas amigos da regiao.
Um abraco.
Rui Martins disse…
Se "tudo correr bem"?... Vai um palpite?
Anónimo disse…
aestive lendo um comentário do Sibindy no Notícias e comeco a suspeitar que seja uma mensagem do camarada do Mugabe. A recordar Sibindy teve recentemente um encontro com Guebuza que acaba de regressar da cimeira da SADC
Egidio Vaz disse…
Acho que o povo zimbabweano não vai resistir à tentação de por de fora este tirano nas corridas das oróximas eleições. Robert Mugabe e outros combateram tenazmente um Ian Smith que teimava entregar o poder aos zimbabweanos. Custou mas acabou vencido. Cumba Ialá, na Guiné Bissau, tanto resistiu ao poder mas acabou assim; destituído pelo próprio tio, que o levou de Jeep até ao Quartel General. E muito mais pessoas.
O que me intriga nessa região, aliás, nos líderes africanos (a sua maioria, claro) é o seu apego ao poder. Até parecem não saber fazer mais nada senão mandar.E quando alguém se lhes opõem, eis que começam a silenciar.
Laurentina disse…
EGÍDIO , ISSO É TIPICO DOS TIPOS QUE SÃO DITADORES...E NÃO SÓ DOS LIDERES AFRICANOS VÊ O QUE SE PASSA NA AMERICA LATINA , NA ASIA , ETC AINDA OS HÁ E MUITOS ...
APROVEITA E VAI VER ESTAS FOTOS
http://4estacoes-updown.blogspot.com/.
TENHO ANDADO AFASTADA DO BLOG ESTES DIAS ...PORQUE CASEI NO FIM DE SEMANA E AGORA VOU ATÉ CABO VERDE ...ANTES DE IR QUIS AQUI PASSAR PARA TE DEIXAR UM BEIJINHO.
NO REGRESSO CONTINUAMOS COM AS NOSSAS COMUNICAÇÕES BLOGÓSFERICAS...EH EH EH EH XAU
Egidio Vaz disse…
Muito obrigado pela referência do Blog.
Muitos parabéns pelo seu casamento. Felicidades é tudo que lhe desejo.
Faça uma boa viagem e estamos juntos.
Sempre,
Egídio

Mensagens populares deste blogue

PENSAR NA PAZ SABENDO O QUE FAZER: ENTRE O VAZIO DAS PALAVRAS E O BELICISMO, A TERCEIRA VIA

Aprender de Angola? Que lições?

O tempo da comunicação